27/04/2016

Cláudia Cruz (1967)


Cláudia Cordeiro Cruz é uma jornalista brasileira. Foi âncora do Fantástico, Jornal Hoje e RJTV. Cláudia é casada com o político Eduardo Cunha, atual Presidente da Câmara dos Deputados, com quem tem uma filha e três enteados. Cláudia presta serviços para diversas empresas e tem sido questionada em função de gastos pessoais. Cláudia é sócia de Cunha em algumas empresas, dentre elas a Jesus.com e C3 produções.

Egressa da TV Educativa do Rio de Janeiro, ela foi no final de 1989 a 2001 apresentadora da Rede Globo de Televisão sendo apresentadora dos telejornais Bom Dia Rio entre 1989 e 1991, Jornal Hoje eventualmente entre 1989 e 2001, sendo fixa desse mesmo telejornal entre 1992 e 1994, RJTV 1ª edição entre 1989 e 2001 e RJTV 2ª edição entre 1999 e 2001, onde recebeu o título de "Musa do RJTV", título dado a apresentadora que encarava com sensualidade a apresentação do telejornal, cujo título era de Valéria Monteiro e depois foi dado o mesmo título a outras duas jornalistas da Rede Globo: Renata Capucci e Silvana Ramiro. Cláudia também apresentou os programas Globo Ciência, Globo Comunidade, Jornal da Globo e Fantástico.

Após 2001, foi para a Rede Record ancorar a segunda edição do Jornal da Record, um concorrente direto do Jornal da Globo, que era ancorado por Ana Paula Padrão. Posteriormente foi substituída por Paulo Henrique Amorim. Claudia deixou a emissora após receber um convite para apresentar o jornal Informe Rio. Atualmente se dedica as artes plásticas.

Cláudia, além de ser âncora do RJTV, foi a voz da companhia de telefonia TELERJ, onde conheceu seu atual marido e participou em uma ponta não creditada no filme Meu Nome Não É Johnny numa cena em que apresenta o RJTV. Fonte: Wikipedia