11/04/2016

Sede de Escândalo (1931)

O filme é o protótipo de todos os outros filmes sobre jornalismo que se seguiram nas décadas de 1930 e 1940. Assim, inclui o editor durão, o repórter inescrupuloso, jornalistas rabugentos e cidadãos enraivecidos. Numa dura condenação ao chamado jornalismo marrom, o filme expõe os golpes baixos de um tabloide sensacionalista para se manter de pé. Instado pelas instâncias superiores a aumentar a circulação de jornal em decadência, o editor resolve desenterrar um caso de assassinato acontecido décadas antes, já julgado e encerrado. Para isso, ele destaca um repórter mau caráter que, ao se intrometer na vida dos envolvidos com mentiras e dissimulações, acaba por provocar uma tragédia.