10/05/2016

Actas Diurnas (131 a.C.)

Eram tábuas fixadas nos muros com os principais acontecimentos do Império Romano. Surgiram no Século II a.C., em 131 a.C e são uma espécie de antepassado dos diários oficiais.  São as percursoras do jornalismo pela periodicidade e atualidade das informações. Os magistrados e os servidores públicos, considerados os primeiros jornalistas, recolhiam as informações e redigiam os textos. Nas oficinas do Estado e de editores privados, os relatos eram manuscritos e copiados por escribas. Algumas editoras acrescentavam informações próprias, fugindo do controle oficial. Eram afixadas nos muros de Roma e nas províncias do império. Em 59 a.C. Júlio César criou as Actas do Senado, com os resumos das sessões da Augusta Assembleia, dos atos administrativos e legislativos.