09/05/2016

Canal 100 (1957-2000)

O Canal 100 foi um famoso cinejornal brasileiro.

Fundado em 1957 por Carlos Niemeyer, inicialmente com o nome "Lider Cinematográfica", funcionou até 2000. Com sede no Rio de Janeiro, o cine-jornal era exibido semanalmente por todo o Brasil e realizava sobretudo documentários cinematográficos de eventos importantes do país e do futebol.

Tornou-se muito conhecido pela qualidade da filmagem dos jogos de futebol com uma visão documental e uma narrativa dramática. Teve um cinegrafista particularmente famoso, o Francisco Torturra. De seu acervo foram realizados vários filmes de longa metragem, como Brasil Bom de Bola e Futebol Total.


1950 - O canal 100 inicia as suas atividades fazendo filmagens de jogos e posteriormente apresentados antes dos filmes principais nos cinemas. Em 1958 acompanha o Brasil na disputa da Copa do Mundo na Suécia e registrou em filme as primeiras atuações de Pelé e Garrincha.

1960 - A década de 60 é iniciada com a fundação de Brasília, e este evento não podia deixar de ser documentado pelo Canal 100. Nos anos que se seguiram foram feitas dezenas de filmagens que mostravam glórias como a Palma de Ouro para o filme brasileiro O Pagador de Promessas e o título de Boxe para Éder Jofre, mas também faziam uma visão de acontecimentos menos felizes como as enchentes causadas pela chuva no Rio de Janeiro ou a eliminação do Brasil na Copa do Mundo de 1966.

1970 - Na década de 70 o canal aumenta o número de filmagens culturais apresentando o músico Carlos Santana no festival da canção e a banda Genesis no Rio de Janeiro. Eventos esportivos como a Copa do Mundo de 1970 no México e os Jogos Olímpicos de Verão de 1976 foram também acompanhados pelas lentes do Canal 100. Eventos históricos como a inauguração da Ponte Rio-Niterói, a despedida de Pelé do futebol brasileiro e a morte do ex-presidente Juscelino Kubitschek tiveram lugar nas produções do Canal 100.

1980 - A década de 80 começo com grandes eventos que foram documentados pelo Canal 100. O show de Frank Sinatra e a visita do Papa João Paulo II, ambos no Rio de Janeiro, não podiam deixar de figurar nos documentários. Sempre mantendo o interesse pelo futebol, o Canal 100 acompanhou o Brasil na Copa do Mundo de 1982 e 1986. Ainda apoiando eventos culturais o Canal 100 fez as filmagens para a primeira edição do Rock in Rio.

1990 - Na década de 90 o Canal 100 faz a sua estreia na televisão através do Rede Manchete, fazendo assim chegar a mais pessoas os seus documentários. Durante alguns anos os documentários deixaram de ser exibidos nas salas de cinema, regressando mais tarde. Esta década foi particulamente menos ativa, já indicando o encerramento das filmagens, que aconteceria mais tarde.

2000 - Com a morte do seu fundador, o Canal 100 foi gradualmente deixando fazer novas filmagens, restando um grande arquivo histórico. Em 2001, Alexandre Niemeyer, filho de Carlos Niemeyer, iniciou um projeto em que visava a recuperação e apresentação de todo o acervo cinematográfico feito pelo seu pai e o Canal 100. Foi criada a "Revista Canal 100" que apresenta fotos do arquivo e um site oficial do projeto onde é possível ver pequenos filmes.

http://www.canal100.com.br

Fonte: Wikipedia