10/06/2016

Lira Neto (1963)

Lira Neto é um jornalista e escritor brasileiro, especializado em biografias.

Lira Neto fez o Ensino Médio na antiga Escola Técnica Federal do Ceará, atual Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET-CE), onde cursou Estradas e obteve o diploma de técnico em Topografia. Porém, nunca exerceu a profissão.

Antes de dedicar-se ao jornalismo, trabalhou como professor de História, Redação e Literatura, em vários colégios de Fortaleza.

Cursou Filosofia (Faculdade de Filosofia de Fortaleza), Letras (Universidade Estadual do Ceará) e Jornalismo (Universidade Federal do Ceará).

No jornalismo, começou como revisor do Diário do Nordeste (Fortaleza - CE) e posteriormente transferiu-se para o jornal O Povo, da mesma cidade, no qual ocupou entre outras funções as de repórter especial, editor de cultura e ombudsman.

Nos início do anos 80, ainda morando em Fortaleza, escreveu e publicou poesia alternativa, destacando-se como um dos principais nomes da chamada "poesia marginal" do Ceará. São desta época uma série de folhetos xerocados e mimeografados de sua autoria, como Gamões & Fliperamas, Roteiro dos Círculos e Girassol Marginal.

Radicado na cidade de São Paulo, tem artigos, entrevistas e reportagens publicados em alguns dos principais jornais e revistas do Brasil.

Além de jornalista e escritor, também é editor de livros. Já trabalhou como coordenador editorial de duas editoras: Edições Demócrito Rocha (Fortaleza) e Contexto (São Paulo).

Em 2007 foi agraciado com o Prêmio Jabuti de Literatura, na categoria melhor biografia do ano, pelo livro O inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar ou a mirabolante aventura de um romancista que colecionava desafetos, azucrinava D. Pedro II e acabou inventando o Brasil (Editora Globo). O extenso subtítulo da obra é uma referência à estética do folhetim do século XIX. Fonte: Wikipedia