08/07/2016

Olavo de Carvalho (1947)

Olavo Luís Pimentel de Carvalho é um jornalista e ensaísta brasileiro de matriz conservadora, considerado um dos articulistas mais abertamente de direita do país em atividade.

Sabe-se pouco sobre sua vida antes de 1996, sendo que o próprio Carvalho forneceu poucas informações. Sabe-se, por exemplo, que nasceu em Campinas e passou a maior parte da vida na cidade brasileira de São Paulo, tendo estudado no Colégio Estadual de São Paulo. Dos 18 aos 21 anos participou de um movimento de esquerda, tendo sido militante Partido Comunista Brasileiro até 1968. Segundo o próprio Carvalho, chegou a frequentar três anos da Faculdade de Filosofia da PUC-Rio, sob orientação do Padre Stanislavs Ladusans até abandonar o curso quando da morte do orientador. Tem oito filhos, sendo que um deles, Luiz Gonzaga de Carvalho Neto segue a vocação do pai e promove cursos de filosofia.

O primeiro livro foi lançado em 1980 e chama-se A imagem do homem na astrologia, um livro sobre astrologia. Em 1996, publica o livro que o torna conhecido, O imbecil coletivo: atualidades inculturais brasileiras, no qual critica o meio cultural e intelectual brasileiro. Trabalhou em revistas e periódicos tais como Bravo!, Primeira Leitura, O Globo, Época, Zero Hora e Jornal do Brasil, tendo sido demitido destes quatro últimos (nas palavras do próprio Carvalho, foi "chutado". Atualmente é colunista do Diário do Comércio, periódico mantido pela Associação Comercial de São Paulo. Em 2002, lançou, com o apoio financeiro da Associação Comercial de São Paulo, o site de notícias Mídia Sem Máscara. Em 2004, lançou um programa de televisão de mesmo nome na TV a cabo. Desde 2005 reside nos Estados Unidos. Fonte: Wikipedia