17/07/2016

The Economist (1843)

The Economist é uma revista semanal inglesa publicada por "The Economist Newspaper Ltd" sobre notícias semanais e assuntos internacionais. Criada pelos representantes da indústria têxtil de Manchester, na Inglaterra, The Economist tinha então como objetivo "a defesa do livre-comércio, do internacionalismo e da mínima interferência do governo, especialmente nos negócios de mercado", princípios que mantém até hoje. Está em publicação contínua desde a fundação, em 1843. No verão de 2007, sua circulação média superou 1,2 milhões de cópias por semana, sendo que aproximadamente metade é vendida na América do Norte. Por isso, é freqüentemente vista como uma fonte de notícias transatlântica - e não exclusivamente britânica.

O objetivo do "The Economist" é "tomar parte em uma competição árdua entre inteligência, que move para frente, e uma indigna e tímida ignorância que obstrui o progresso". Os assuntos incluem notícias internacionais, economia, política, negócios, finanças, ciência, tecnologia e artes. A publicação é direcionada ao topo do mercado e conta em sua audiência com influentes tomadores de decisões públicas e privadas.

Possui uma posição editorial clara em vários temas, especialmente no seu suporte ao mercado livre e conservadorismo fiscal; é, portanto, uma revista que pode ser considerada como praticante do jornalismo cívico ou da advocacia jornalística, uma modalidade de jornalismo que intencionalmente, e de forma transparente, adota um determinado ponto de vista, geralmente com algum objetivo social ou político.

Apesar do "The Economist" se chamar de um jornal e se referir a sua equipe como correspondentes, ele é impresso na forma de uma revista. Fonte: Wikipedia