26/09/2016

Elisabeth Noelle-Neumann (1916-2010)

Elisabeth Noelle-Neumann foi uma cientista política alemã. Foi professora emérita da Universidade de Mainz, sua contribuição mais famosa foi o modelo da Espiral do Silêncio, uma teoria sobre como a percepção da opinião pública pode influenciar no comportamento de um indivíduo.

Estudou filosofia, história , jornalismo e estudos americanos na Universidade Friedrich Wilhelm, e na Universidade Königsberg Albertina. Quando ela visitou Obersalzberg, teve um encontro com Adolf Hitler, que mais tarde ela chamou de "um dos mais intensivos e experiências estranhas em sua vida". Ela permaneceu nos EUA entre 1937-1938 e estudou na Universidade de Missouri. Em 1940, ela recebeu seu Ph.D., concentrando-se na pesquisa de opinião pública nos EUA.

Em 1940, ela trabalhou brevemente para o jornal nazista Das Reich, e para o Frankfurter Zeitung até que foi proibido em 1943.

Em 1947, ela e seu primeiro marido Erich Peter Neumann fundaram o Institut für Demoskopie Allensbach, que hoje é uma das organizações de pesquisa mais conhecidos e prestigiados da Alemanha. 

De 1964 a 1983, ela foi professora na Universidade Johannes Gutenberg de Mainz.

Noelle-Neumann era a presidente da Associação Mundial de Pesquisa de Opinião Pública 1978-1980 e trabalhou como professora convidada na Universidade de Chicago de 1978 a 1991.

Fonte: Wikipedia