07/09/2016

Teoria Hipodérmica

Com a Teoria Hipodérmica, mídia passou a ser vista como capaz de moldar a opinião pública e inclinar as massas para quase qualquer ponto de vista desejado pelo comunicador. Acreditava-se que cada indivíduo da sociedade de massa através da mídia, que cada pessoa os perceberia da mesma maneira geral, e que eles provocariam uma reação mais ou menos uniforme de todos. As mensagens da mídia seriam recebidas de maneira uniforme pelos membros da audiência e que respostas imediatas e diretas seriam desencadeadas por tais estímulos.  
Dada uma visão de uma natureza humana básica uniforme, com destaque para processos não-racionais, mais uma visão da ordem social como sociedade de massa, a teoria da bala mágica, baseada em mecanismos instintivos E-R (estímulo -reação) e a crença de que a mídia se compunha de poderosos recursos, parecia inteiramente válida: enunciou que estímulos poderosos eram uniformemente atendidos pelos membros individuais da massa"DeFleur e Ball-Rokeach 
Processo iniciado nos meios de comunicação, que atingem os indivíduos provocando determinados efeitos. Os meio são vistos como onipotentes, causa única e suficiente dos efeitos verificados. Os indivíduos são vistos como seres indiferenciados e totalmente passivos, expostos ao estímulo vindo dos meios. Por fim, os efeitos eram entendidos como sendo diretos, isto é, se dão sem a interferência de outros fatores. Daí a concepção de que os meio agiam sobre a sociedade à maneira de uma 'agulha hipodérmica'"Araújo 
Premissas da Teoria Hipodérmica
  • As mensagens dos mass media são recebidas de maneira homogênea pelos membros da audiência; 
  • Os efeitos das mensagens são instantâneos e inevitáveis; 
  • As mensagens atuam como estímulos a determinados impulsos, processos sobre os quais os indivíduos exercem pouco ou nenhum controle; 
  • A fragmentação e o isolamento do indivíduo nas sociedades urbano- industriais favorecem a manipulação do indivíduo pelos mass media. 
Com o Modelo de Lassawell (elaborada nos anos 30, mas proposta em 1948) e as abordagens empíricas dos tipo psicológico-experimental e sociológica, a Teoria Hipodérmica passou a se tornar obsoleta.