05/10/2016

Políticas de Comunicação

A política de comunicação pode ser definida como o conjunto de princípios que fundamentam a comunicação de uma instituição/governo, devendo ainda prever as relações e reações da instituição/governo com cada público. São estabelecidas por governos devido ao seu natural compromisso com o interesse público. Ou seja.  os governos podem formalizar dos padrões de comunicação mais convenientes, adotando políticas públicas que orientem e induzam a interatividade e a troca de informações de interesse coletivo. Essas políticas devem ser duradouras e baseadas em aspirações coletivas, podendo aumentar a governabilidade, competitividade e integração social.  No entanto, as empresas e instituições também devem ter sua política específica de comunicação. 

A formalização de uma política de comunicação é importante para a eficiência e também credibilidade, “a não-formalização induz ao improviso e à visão comprometida conforme os interesses do momento” (DUARTE, p.18). A formalização, por tanto, ocorreria em setores como internet, publicidade, acesso à informação, atendimento ao cidadão etc. Sendo assim, a transparência, a facilidade de acesso e interação do público e uma ouvidoria social são vistas como pilares para uma boa política de comunicação.